Sobre Tapetes
Origens
Carateristicas
Curiosidades
Tapessário
Manutenção
Composição

Na tecelagem de tapetes orientais são utilizadas fibras naturais das quais salientamos as mais importantes: Lã, Seda e Algodão.

Lã: A lã é o material mais usado na concepção dos tapetes orientais, devido à combinação dos seguintes factores: macia e fácil de trabalhar, durabilidade, preço. Proveniente do pêlo das ovelhas pode apresentar cores diversas como o branco, castanho, amarelo e cinzento.
Geralmente as melhores qualidades de lã são provenientes de regiões de grande altitude como algumas montanhas do Cáucaso e do Irão.
Igualmente importantes na produção de lã de grande qualidade são os seguintes países: Nepal, China, Austrália e Nova Zelândia.

Seda: A seda natural é uma fibra proveniente dos casulos dos bichos-da-seda.
Originária da China, a seda passou também a ser cultivada no Irão, Índia e em alguns países da Ex-União Soviética.
Actualmente as melhores qualidades de seda são provenientes da China e de algumas regiões do Irão. As principais qualidades da seda são atribuídas à extrema finura da fibra aliada à sua resistência, que é aproveitada pelos artesãos para a produção de belíssimos tapetes com densidades elevadíssimas de nós. Devido ao diâmetro da fibra ser muito pequeno, os tapetes de seda natural requerem maiores cuidados de manutenção, sendo geralmente pendurados em paredes como motivo de decoração ou no chão de preferência em locais da casa com pouco movimento.

Algodão: Embora existam algumas qualidades de tapeçarias em algodão, no caso das tapeçarias orientais o algodão é essencialmente utilizado na estrutura dos tapetes.
No que diz respeito à produção mecanizada de tapeçarias, fibras e produtos sintéticos como o poliéster, o polipropileno, a viscose e o acrílico são a base da produção dos tapetes modernos e de baixo custo.

Cores

Na concepção de uma obra de arte, a cor é um dos elementos mais importantes para a sua beleza final. Nos tapetes podemos identificar duas cores predominantes, que são as cores do fundo e as cores da barra. As cores também são um factor muito importante para determinar a origem dos tapetes, visto que, de região para região, as cores predominantes variam, bem como o uso de diferentes tipos de tintos que alteram significativamente o produto final.

Cores de fundo: É a cor dominante no fundo de um tapete. Em alguns casos, a cor do fundo e da barra são iguais. Os tapetes orientais utilizam diferentes motivos com variadas cores, os quais assentam num fundo com uma cor sólida. As cores mais utilizadas são o Vermelho, Azul, Bege e Amarelo.

Cores da barra: Por vezes é complicado distinguir a cor predominante da barra devido à existência de variados desenhos coloridos que se confundem facilmente com a cor predominante da barra. O exame cuidado permitirá descobrir a respectiva cor. As principais cores usadas nas barras são o Vermelho, Azul, Bege Amarelo e Verde.

Dimensões

A dimensão do tapete está relacionada com a sua forma. A maioria dos tapetes feitos à mão é rectangular. No entanto, existem outras formas de tapetes como as passadeiras, redondos, ovais, quadrados e outras menos comuns.
 
1 Pé = 12 polegadas
1 Metro = 100 centímetros
1 Pé = 30 centímetros
1 Metro = 3,28 pés

Formas

Rectangular: Os tapetes rectangulares são os mais comuns e existem numa grande variedade de tamanhos.

Passadeiras: As passadeiras são também comuns, sendo tapetes rectangulares muito longos e estreitos. No actual mercado, as passadeiras apresentam medidas compreendidas entre 75 a 90 cm largura e 180 a 600 cm de comprimento, sendo em alguns casos o seu comprimento superior. São usadas na cobertura de escadas, entradas e corredores. Por isso existe também a denominação de Corredores. O uso de passadeiras em degraus de escada é uma prática comum na Europa. Até aproximadamente 70 anos atrás, as passadeiras eram usadas em quartos decorados no Tipo Persa e em salas de estar.

Redondos: No tapete redondo, a largura e o comprimento são iguais entre si e, por sua vez, são iguais ao respectivo diâmetro do tapete. Assim, quando procuramos um tapete redondo 3x3, sabemos que ele apresenta um diâmetro de 3 metros. O tapete redondo mais antigo até hoje encontrado é um tapete Mamluk datado do Sec.XVII fabricado no Egipto com desenhos geométricos complexos. Nos últimos 50 anos, os tapetes redondos ficaram mais populares no Irão, sendo tecidos nas cidades de Tabriz, Isfahan e Nain. O motivo geométrico da maioria dos tapetes redondos tende a ser o medalhão.

Ovais: Os tapetes ovais são raros e o seu estilo foi originário da China e da França, sendo actualmente populares no Irão. Não foi estabelecida uma norma standard de medidas para a sua forma, porém estes tapetes são medidos da mesma forma que os tapetes rectangulares. O diâmetro maior é considerado o comprimento e o menor é considerado a largura.

Quadrados: Tapetes quadrados são igualmente considerados raros. Como o nome implica têm a largura igual ao comprimento.

Outras formas: É possível encontrar tapetes com formas hexagonais, octogonais ou até mesmo triangulares.

Nós

A tapeçaria oriental, com excepção dos Tapetes Kilims, é realizada com base em nós.

Existem dois tipos de nós predominantes, o nó simétrico (nó turco) e o nó assimétrico (nó persa).

A densidade de um tapete refere-se ao número de nós existentes no tapete num decímetro quadrado de área. Esta contagem de nós deve ser feita pelo avesso do tapete.
Um factor muito importante no valor comercial dos tapetes é precisamente a sua densidade, visto que, quanto maior for a sua densidade, maior será o tempo necessário ao seu fabrico.

Para um artesão conseguir criar desenhos curvilíneos perfeitos terá de recorrer a uma maior densidade, pois quanto maior a densidade maior será o detalhe do desenho criado.

A densidade média de um tapete oriental situa-se entre os 1.600 e 16.000 nós por decímetro quadrado. No entanto, existem tapetes com mais de 16.000 nós por decímetro quadrado, sendo muito raros e o seu valor comercial muito elevado. Estes tapetes utilizam a seda natural, sendo a sua estrutura também constituída por seda devido ao menor diâmetro desta fibra natural.

É necessário uma grande dose de paciência e mestria para o fabrico dos tapetes orientais, pois cada nó é amarrado à tela pelas mãos do tecelão. Um tecelão experiente pode executar cerca de 400 nós Persas por hora, o que significa que, construir um tapete de 2x3 Metros com uma densidade de 2.000 nós por decímetro quadrado demora ao artesão 3.000 horas de trabalho.

Desenhos

Os desenhos são igualmente importantes como factor de escolha na compra de um tapete, pois definem o seu Tipo.

Os desenhos são divididos em três categorias: Curvilíneos, Geométricos, Gravuras

Os tapetes são catalogados pelas suas características mais dominantes. Tomando como exemplo um tapete com desenhos de pessoas/animais (Gravuras), contendo também desenhos Geométricos, não será catalogado pelos dois tipos de desenhos, mas sim pelo tipo mais dominante que, neste caso, é do tipo Gravuras.

Curvilíneos: Desenhos com linhas curvas são chamados Curvilíneos e podem ser vistos nos três tipos de fundos (Uniforme/Medalhões/Um só lado). A criação de curvas requer que a densidade (número de nós por superfície quadrada) do tapete seja elevada.

Gravuras: Tapeçarias com gravuras representando pessoas e/ou animais são geralmente baseadas em factos históricos ou na mitologia. Apesar de no Extremo Oriente este tipo de tapeçaria não ser muito comum, alguns Nómadas como os Beloutch produzem ocasionalmente estes tapetes. No Irão, particularmente nas Regiões de Kerman, Tabriz e Kashan ainda se produzem muitas destas obras de arte, bem como na China desde o início do Século XIX.

Geométricos: Reproduzem vários motivos geométricos, nomeadamente desenhos e padrões com linhas rectas em toda a extensão do tapete.

Estrutura

A estrutura de um tapete é composta por dois componentes:
Urdidura e Trama.

Urdidura:
A urdidura é composta por fios verticais fixos que percorrem o tapete de cima a baixo. A urdidura é extremamente importante visto que é nela que os nós são amarrados. Aplicar a tensão correcta na urdidura é essencial para produzir um tapete sem rugas. As franjas são aplicadas nas extremidades para assegurar que os nós e a trama não se desenredem.

Trama: A trama é composta por fios horizontais passados (tecidos) por entre a urdidura. Os fios da trama são adicionados à medida que uma fileira de nós é adicionada pelo artesão e tem como objectivo fixá-los no respectivo lugar.

Material: É comum utilizar-se o algodão na composição da trama e da urdidura, no entanto a lã e a seda podem ser igualmente utilizadas.

Fundos

Os fundos representam a forma como os desenhos ou objectos estão dispostos nos tapetes e os três principais tipos podem ser classificados em: uniformes, medalhões e um-lado.

Uniforme: Neste tipo de fundo não existem desenhos dominantes e os motivos são uniformemente dispersos no tapete. Geralmente um motivo é repetido várias vezes no tapete, podendo estar ligado entre si. Afshan é um termo Persa que significa disperso, sendo atribuído a tapetes cujos desenhos pertencem a este tipo de fundos.
Nos fundos uniformes com desenhos repetitivos, um único motivo ou grupo de motivos é repetido uniformemente pelo tapete. Nos repetitivos sem fim, a repetição não têm um fim visível, sendo os desenhos interrompidos pelas bordas do tapete.
Algumas pessoas atribuem a este tipo de fundo o símbolo da eternidade. Os fundos uniformes em painel são fundos divididos em secções. Um determinado motivo pode ser repetido em todos as secções, ou diferentes motivos podem ser repetidos em secções diferentes.

Medalhões: Os fundos com medalhões são caracterizados pela presença de uma peça central designada por medalhão também designada por Toranj (termo Persa). Este tipo de fundo é o mais representativo das tapeçarias orientais, sendo apresentado em variadas formas como ovais, circulares, triangulares, octogonais, hexagonais e em forma de estrela.

Um só lado: Estes tapetes tem a particularidade de só poderem ser correctamente vistos numa determinada posição, tal como acontece numa fotografia ou quadro. Os tapetes de oração e os tapetes com gravuras pertencem a esta categoria. O desenho mais comum nos tapetes de oração é representado pelo Mihrab.

Idade

Existem três classificações para a idade de um tapete: antigo, semi-antigo e contemporâneo.


Antigo: Tapetes com mais de 60 anos de idade.

Semi-antigo: Tapetes entre os 25 e os 60 anos de idade.

Contemporâneo: Tapetes com menos de 25 anos de idade.

Estado

O estado de conservação de um tapete é um factor importante na avaliação dos tapetes manuais, pois afecta directamente a sua beleza e, como consequência, o seu valor comercial. É necessário ter em conta que existem tapetes em mau estado de conservação, mas que possuem um grande valor comercial por serem peças raras.
Existem actualmente três classificações respeitantes ao estado de conservação: Bom, Médio, Mau.

Bom: Um tapete em bom estado apresenta boas condições de conservação, sem manchas ou buracos, sem desgaste e sem sinais de reparações.

Médio: Um tapete diz-se em estado médio quando apresenta sinais de desgaste ou quando apresenta pequenas falhas derivadas do rompimento de nós ou franja.

Mau: Um tapete considera-se um mau estado de conservação quando apresenta descolorações, manchas, vestígios de traças, ruptura na sua estrutura ou desgaste em grandes áreas do tapete.

Cores

Amarelo
Representa riqueza, poder e esperança

Azul Celeste
Na Pérsia significa paz

Branco
Na Pérsia, China e Índia representa o luto

Cinza
Segredo e mistério

Laranja
Simboliza o amor humano

Castanho
Representa a fertilidade

Preto
É o símbolo universal da tristeza, do maligno e do destrutivo

Rosa ou Rosa Vivo
Caracteriza a sabedoria divina

Vermelho
É alegria, vida e todas as qualidades apreciáveis

Verde
É a cor sagrada dos maometanos, corresponde à imortalidade

Enviar a um amigo
Adicionar aos favoritos

Copyright © 2010 MA Salgueiro. Todos os direitos reservados